Biofaces

O Biofaces é uma plataforma online, em formato similar a uma rede social, onde o usuário compartilha registros da vida selvagem. É possível postar fotos, vídeos, desenhos, listas de registro, áudios (vocalização) ou artigos científicos de uma, ou mais espécies selvagens, dentre mamíferos, anfíbios, aves, répteis, invertebrados e peixes.

OIA A ONÇA

O projeto Observatório de Imprensa, Avistamento e Ataques (OIAA Onça) tem como principal objetivo ampliar o conhecimento sobre carnívoros silvestres brasileiros, tendo as onças brasileiras como o animal “guarda-chuva”

PORTAL DE ZOOLOGIA DE PERNAMBUCO

O Portal de Zoologia de Pernambuco é uma ferramenta colaborativa que permite o compartilhamento de informações sobre animais selvagens com o objetivo comum de realizar um inventário da biodiversidade de forma lúdica e divertida.

BLUE CHANGE

A BLUE CHANGE é uma iniciativa para desenvolver projetos de ciência cidadã no Brasil, relacionados à conservação dos ambientes marinhos e costeiros. Para tanto, auxilia pesquisadores, instituições e organizações sociais a estruturar e executar projetos dentro do modelo da ciência cidadã. Em uma abordagem bottom-up, também atua conectando pessoas com a ciência, levando demandas da sociedade para que os pesquisadores as transformem em objeto de investigação.

EU VI UMA AVE USANDO PULSEIRA?!

Você já encontrou alguma uma ave em vida livre usando algo como uma “pulseirinha” nas pernas? Caso positivo, e tenha sido no Brasil, então nos diga onde e quando foi, e participe deste projeto!
Ajude-nos a monitorar diversos indivíduos de aves marcados com anilhas em diferentes pontos do Brasil. Você pode participar em campo ou mesmo remotamente. Seja bem vindo!

ATLAS DE REGISTROS DE AVES BRASILEIRA

O ARA é um atlas de registros de ocorrência de aves brasileiras, que reúne também informações referentes à biologia das espécies e ações de conservação. O objetivo é, além de facilitar o acesso à informação através da sistematização dos dados, conseguir a colaboração de observadores e pesquisadores para ampliar o conhecimento das aves brasileiras.

A água deste rio é boa? Quem vive nele te conta!

O projeto “A água deste rio é boa? Quem vive nele te conta!” aborda um programa de monitoramento participativo de rios urbanos na região serrana do Espírito Santo em parceria com professores e estudantes de escolas de ensino básico.

WIKIAVES

Site de conteúdo interativo, direcionado à comunidade brasileira de observadores de aves, com o objetivo de apoiar, divulgar e promover a atividade de observação de aves, fornecendo gratuitamente ferramentas avançadas para controle de fotos, sons, textos, identificação de espécies, comunicação entre observadores, entre outras.

CIDADÃO CIENTISTA

Projeto Cidadão Cientista é um projeto da SAVE Brasil que tem o objetivo de realizar monitoramentos participativos de aves em Unidades de Conservação e parques urbanos. As atividades ocorrem no mínimo uma vez ao mês em diferentes parques, principalmente de São Paulo, e são abertas a pessoas de todas as idades e níveis de conhecimento sobre aves.

SISTEMA URUBU

O Sistema Urubu é uma plataforma tecnológica de ciência cidadã que visa avaliar os efeitos de infraestrutura viária na biodiversidade mundial. Nesta fase o principal foco é o atropelamento de animais selvagens.

EXOSS

Registro de meteoros na atmosfera, através de videomonitoramento do céu noturno, utilizando uma rede de voluntários, em grande parte do território brasileiro, para a pesquisa de chuvas de meteoros e identificação de seus corpos parentais.

BRYDES DO BRASIL

Brydes do Brasil é um projeto que visa elaborar uma base de dados sobre as baleias-de-bryde identificadas individualmente a partir de fotos da espécie em águas brasileiras. Esse acervo fotográfico ajudará a ampliar o conhecimento sobre distribuição, área de vida e fidelidade de área, colaborando para a formulação de políticas públicas para a conservação dessas baleias. O site do projeto conta com espaços interativos para compartilhar fotografias, vídeos, artigos, textos de divulgação científica, notícias na mídia e outras informações relevantes sobre a espécie.

ONDE ESTÃO AS BALEIAS E OS GOLFINHOS?

Se você tem fotos e/ou vídeos de cetáceos (baleias, botos e golfinhos) em águas costeiras do Rio de Janeiro poste no grupo informando a data, local, hora e número de animais avistados. As imagens são importantes para a positiva identificação das espécies e podem fornecer dados científicos valiosos.

GUARDIÕES DA CHAPADA

Guardiões da Chapada é um projeto de ciência cidadã que visa monitorar os visitantes florais e flora associada na Chapada Diamantina, sensibilizar o público acerca da importância do serviço de polinização e comunicar temas relacionados à ecologia e conservação. Para contemplar seus objetivos o projeto convida voluntários para coletar dados sobre a interação planta-visitante floral, desenvolve ações de extensão universitária na Chapada Diamantina para promover o engajamento de atores sociais em questões socioambientais e compartilha notícias nas redes sociais.

AeTrapp

O Projeto AeTrapp possibilita o engajamento de comunidades no monitoramento de populações de mosquitos Aedes, vetores de zika, dengue, chikungunya e febre amarela urbana, por meio de uma armadilha caseira, um aplicativo e um mapa online.

TÁXEUS

Táxeus é uma plataforma de ciência cidadã, colaborativa e online, que promove conhecimento da biodiversidade brasileira a partir de listas de espécies. Desenvolvemos ferramentas de tecnologia da informação diretamente aplicáveis a estudos ecológicos.

CIÊNCIA CIDADÃ - UFABC

O presente projeto visa à implantação de um programa para a educação científica em diferentes contextos, tanto formais quanto informais, com a criação, aplicação e avaliação de protocolos de ciência cidadã. A meta é, a partir dos projetos integrantes do programa, promover a alfabetização científica de diferentes públicos, trabalhar a sua percepção ambiental e, ao mesmo tempo, possibilitar a coleta de dados sobre a biodiversidade brasileira de maneira participativa em diferentes escalas de espaço e tempo.

ECOA

O projeto ciência cidadã tem por objetivos auxiliar comunidades tradicionais e assentados da reforma agraria na identificação de áreas com potencial de reflorestamento e/ou restauração florestal e seu monitoramento durante o processo de "melhoria" ambiental; e no mapeamento de arvores frutíferas nativas de relevância ambiental e econômica para atividades de coleta de frutos e sementes para processamento de farinhas, castanhas e geleias, além do processo de produção de mudas. Impacto de curto, médio e longo prazo na economia local e na qualidade dos serviços ecológicos dentro de áreas de reflorestamento.