Notícias

Comitês da Flora do Mundo Online e da Flora do Brasil Online se reuniram no JBRJ
Confira a matéria da TV Brasil sobre o encontro:

Entre os dias 19 e 23 de outubro, especialistas de dez países se reuniram no Jardim Botânico do Rio de Janeiro (JBRJ) para definir os próximos passos na elaboração de uma publicação online que reunirá as informações sobre todas as plantas conhecidas do mundo até 2020. Eles fazem parte do projeto Flora do Mundo Online (World Flora Online – WFO), lançado em 2012 na 11ª Conferência das Partes (COP) da Convenção da Diversidade Biológica (CDB).

Coordenado por um consórcio de instituições de pesquisa em Botânica, O projeto WFO visa alcançar a meta nº 1 da Estratégia Global para Conservação de Plantas (Global Strategy for Plant Conservation – GSPC) para a década de 2011-2020, que determina a publicação online de uma Flora que abranja todas as espécies de plantas conhecidas. A GSPC se compõe de 16 metas e foi adotada pelos países signatários da CDB para tentar impedir a perda da diversidade de plantas no planeta, uma vez que delas depende a vida na Terra.

Além do JBRJ, fazem parte do projeto os jardins botânicos de Kew (Londres), Nova York e do Missouri e do Rio de Janeiro. Na reunião do Rio de Janeiro estiveram presentes especialistas da África do Sul, Alemanha, Bélgica, China, Estados Unidos, França, Holanda, Irlanda, México e Reino Unido.

"O Comitê irá deliberar sobre os resultados do trabalho dos grupos temáticos, bem como sobre o financiamento do projeto e o planejamento das próximas ações", explica Eduardo Dalcin, que representa o Jardim Botânico do Rio de Janeiro na WFO. Também diretamente envolvida no projeto está Nathália Queiroz, do Núcleo de Computação Científica do JBRJ. Mestre em Ciência da Computação, Nathália trabalha na adaptação da interface gráfica do sistema da Flora do Mundo, com uma bolsa do Sistema de Informação sobre a Biodiversidade Brasileira (SiBBr).

Flora do Brasil Online envolve pesquisadores de todas as regiões brasileiras

A reunião anual do Comitê da Flora do Brasil Online 2020 (FBO 2020) aconteceu eentre os dias 19 a 21 de outubro no Jardim Botânico do Rio de Janeiro, com a participação de 23 pesquisadores de todas as regiões e biomas do país. O projeto FBO 2020 é coordenado pelo Jardim Botânico do Rio de Janeiro e tem como principal objetivo consolidar uma flora nacional monografada (incluindo algas, fungos e plantas) em uma plataforma que possa ser integrada com o modelo que está sendo desenvolvido para a WFO.

Com a FBO 2020, será a primeira vez em mais de um século, desde a publicação da Flora Brasiliensis (1840-1906), que o Brasil reunirá as informações sobre toda a sua flora conhecida, incluindo descrições, chaves de identificação e imagens. O projeto visa atender a metas nacionais definidas pelo Ministério do Meio Ambiente e metas internacionais acordadas no âmbito da CDB.

Na reunião, foram apresentadas ao comitê gestor do projeto FBO 2020 as modificações feitas no sistema que gerencia a Lista de Espécies para contemplar as funcionalidades novas necessárias para elaboração das monografias. O sistema está sendo desenvolvido em parceria com a COPPE/UFRJ. "Os mais de 500 colaboradores que enviaram propostas de trabalho para os diferentes grupos de fungos, algas e plantas iniciam suas atividades em janeiro de 2016, já dentro do novo sistema", explica a coordenadora do projeto Rafaela C. Forzza.

O primeiro passo para a FBO 2020 foi a publicação da Lista de Espécies da Flora do Brasil Online, meta 1 da GSPC em 2010. Também fundamental para a elaboração da FBO é o projeto Herbário Virtual – Reflora, que está reunindo, em uma única plataforma digital, imagens e dados de amostras de plantas brasileiras depositadas em herbários estrangeiros e brasileiros. Ambas as iniciativas contam com o apoio do CNPq, IFN e do SiBBr.

Fonte: Jardim Botânico do Rio de Janeiro

LINKS: