Notícias

Panorama da Biodiversidade Global 4 é oficialmente lançado no Brasil

Em evento realizado na Casa das Nações Unidas, em Brasília, o Centro para Monitoramento da Conservação Mundial do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (UNEP‐WCMC, na sigla em inglês) lançou oficialmente o relatório do Panorama da Biodiversidade Global 4 (GBO-4), em português. A publicação traz o Sumário Executivo do Panorama original, existente hoje nas oito línguas oficiais da ONU.

Ilustração/Reprodução
Uma avaliação intermediária do progresso rumo à implementação do Plano Estratégico para a Biodiversidade 2011-2020

A Representante do PNUMA no Brasil, Denise Hamú, deu início ao evento, seguida pela transmissão de uma mensagem em vídeo do Secretário Executivo da Convenção da Diversidade Biológica (CDB), Bráulio Ferreira Dias. Na mensagem, ele destacou a importância da publicação do Relatório em português, possibilitando o acesso da comunidade lusófona em todo mundo a essa análise.

"Enquanto o progresso está sendo feito, necessitaremos redobrar nossos esforços para alcanças as metas até 2020. Felizmente, o GBO 4 também conclui que o cumprimento do Plano está ao nosso alcance se ações estratégicas que atendem simultaneamente as múltiplas causas das leis de biodiversidade forem tomadas de forma consistente e coerente. Um exemplo desse tipo de abordagem é a luta do Brasil para reduzir dramaticamente o desmatamento da Floresta Amazônica", concluiu.

Participaram do evento também o diretor do UNEP-WCMC, Jon Hutton, o Diretor de Programas, Matt Walpole, o Gerente de Projeto da Secretaria de biodiversidade e florestas do Ministério do Meio Ambiente, Lídio Coradin, e representantes do WWF-Brasil, do Ministério do Desenvolvimento Social, dentre outras instituições.

SOBRE O GBO-4

O GBO é um relatório periódico, que traz os últimos dados sobre o estado e as tendências da biodiversidade no planeta, além de traçar conclusões relevantes para que as metas da Convenção da Diversidade Biológica (CDB) sejam alcançadas. A publicação traz resumo das conclusões que inclui as tendências recentes, o status atual e as projeções para 2020, ligadas às cinco metas gerais do Plano Estratégico para a Biodiversidade 2011-2020 e as Metas de Biodiversidade de Aichi correspondentes a elas.

O relatório tomou como base várias fontes de informação para construir a avaliação, além da perspectiva de alcançar a visão de uma "Vida em Harmonia com a Natureza" até 2050 e da importância da biodiversidade para alcançar metas amplas de desenvolvimento humano sustentável durante esse século.

O GBO 4 foi lançado oficialmente em outubro de 2014, na reunião das partes da CBD na Coreia.

Por Priscilla Castro/ PNUMA