Notícias

CENAP realiza oficina sobre cachorro vinagre

No evento foi realizada a Análise de Viabilidade Populacional da espécie.

Adriano Gambarini
Cachorro-vinagre
O cachorro-vinagre (Speothos venaticus), também conhecido como cachorro-do-mato-vinagre ou cachorro-do-mato, está na categoria vulnerável do Livro Vermelho da Fauna Brasileira Ameaçada de Extinção

O Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Mamíferos Carnívoros (Cenap), centro especializado administrado pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) promoveu uma oficina para realizar a Análise de Viabilidade Populacional (PVA) do cachorro vinagre (Speothos venaticus), de 25 a 27 de março.

O objetivo da oficina foi criar um modelo populacional para animais de vida livre, baseando-se em informações biológicas, ecológicas, comportamentais e epidemiológicos disponíveis para a espécie. O cachorro vinagre encontra-se classificado como vulnerável (VU) na Lista Nacional de Espécies Ameaçadas de Extinção publicada pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA) e como NT (Near Threatened) na lista vermelha da IUCN.

A oficina contou com especialistas sobre a espécie no Cerrado, Pantanal, Mata Atlântica e Amazônia, e foi coordenada pelo consultor Arnaud Desbiez, coordenador do Conservation Breeding Specialist Group (IUCN) no Brasil, especialista em Vortex.

Ainda contou com a presença do Dr. Phillip Miller, do Conservation Breeding Specialist Group da União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN) nos EUA, especialista em modelos populacionais, em especial o Outbreak, que modela doenças que podem ameaçar populações naturais, como é o caso da sarna sarcóptica, comum ao cachorro vinagre.

O evento atende o Plano de Ação Nacional para a Conservação do Cachorro Vinagre, que tem como objetivo reduzir a vulnerabilidade da espécie ampliando o conhecimento aplicado a sua conservação e à proteção de habitats adequados, diminuindo a remoção de indivíduos e melhorando o estado sanitário das populações.

Sobre o Cenap

O Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Mamíferos Carnívoros (CENAP) foi criado em 1994 após expansão das atividades do Projeto Carnívoros do Iguaçu. Atualmente sediado na cidade de Atibaia, no estado de São Paulo, o Cenap conta com uma área de sete mil metros quadrados; espaço no qual coordena cerca de 20 projetos de pesquisa que envolvem desde o entendimento da ecologia das espécies alvo do centro, à resolução de conflitos entre predadores e proprietários rurais, em todo o território nacional.

O Cenap ainda estabelece parcerias com proprietários rurais, órgãos de extensão rural, Polícia Florestal, zoológicos, órgãos estaduais de meio ambiente, universidades, prefeituras e organizações não governamentais.

Ao longo dos 19 anos de existência já publicou junto com seus parceiros, mais de 100 artigos científicos, livros, manuais, folders, entre outros materiais técnicos. Auxiliou a elaboração de diversos Planos de Manejo de Unidades de Conservação, realizou inventários de fauna e coordenou a elaboração de planos de ação e revisão de listas de espécies ameaçadas de extinção. Mais informações acesse o site do Cenap/ICMBio.

Por Comunicação ICMBio