Notícias

ICMBio realiza fiscalização de fauna em Santa Catarina

Durante a operação do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade, foi apreendido material associado à caça e ao tráfico de animais

Divulgação/ICMBio
Agentes ainda promoveram a soltura de cinco pássaros e apreenderam 12 carcaças de aves silvestres abatidas

O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) realizou uma ação de combate a crimes contra a fauna, dentro do programa de proteção do Parque Nacional da Serra do Itajaí, localizado no médio vale do rio Itajaí (SC).

Durante a operação, que aconteceu em 9 de fevereiro e contou com a participação de servidoras da Coordenação Regional da 9ª região (CR9) de Florianópolis, foi apreendido farto material associado à caça e ao tráfico de fauna silvestre: três espingardas, duas carabinas, centenas de petrechos associados às armas (cartuchos, chumbo, pólvora, cartucheiras etc.), sete apitos de caça, nove gaiolas, oito armadilhas e duas redes de neblina (dispositivo utilizado para captura de aves).

Os agentes de fiscalização ainda promoveram a soltura de cinco pássaros e apreenderam 12 carcaças de aves silvestres abatidas.

O flagrante ocorreu em uma propriedade rural na localidade de Lageado Alto, no município de Guabiruba. O responsável foi preso em flagrante e apresentado à autoridade policial. Os analistas ambientais aplicaram multas que somadas chegam a R$ 11 mil.

O Parque

O Parque Nacional da Serra do Itajaí foi criado há 10 anos para proteger florestas em estágio avançado de regeneração do bioma Mata Atlântica, em nove municípios catarinenses: Apiúna, Ascurra, Blumenau, Botuverá, Gaspar, Guabiruba, Indaial, Presidente Nereu e Vidal Ramos.

O parque é habitat de importante biodiversidade, com destaque para espécies ameaçadas da fauna: Papagaio-de-peito-roxo (Amazona vinacea), Gavião-pomba (Leucopternis lacernulatus), Papo-branco (Biatas nigropectus), Gato-maracajá (Leopardus pardalis mitis), Maria-da-restinga (Phylloscartes kronei), Onça-parda (Puma concolor), entre outras. Saiba mais sobre o parque.

Por Portal Brasil - Fonte: Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade