Notícias

Prêmio Jovens Pesquisadores antecipa inscrição de projetos de pesquisa

Oferecido pelo GBIF, o prêmio oferece dois auxílios de 5 mil Euros, um para mestrado e outro para doutorado, para desenvolvimento de projetos de pesquisa na área de informática para a biodiversidade.

Realizado anualmente pela Plataforma Global de Informação sobre Biodiversidade (GBIF, na sigla em inglês), o prêmio Jovens Pesquisadores visa incentivar a inovação científica na área de tecnologia da informação para a biodiversidade. Serão premiados, cada um com 5 mil Euros, dois projetos a nível mundial, sendo um de mestrado e outro de doutorado. No Brasil, a seleção será realizada pelo Sistema de Informação sobre a Biodiversidade Brasileira (SiBBr), iniciativa do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), com suporte técnico da ONU Meio Ambiente e apoio financeiro do Fundo Global para o Meio Ambiente (GEF).  As propostas devem ser enviadas até o dia 15 de maio de 2018. Estudantes brasileiros foram contemplados nas duas últimas edições do prêmio.

Ilustração/ SiBBr

Desde a sua criação em 2010, o prêmio objetiva incentivar usos inovadores de dados sobre a biodiversidade mobilizados por meio da rede GBIF. Como Nó do GBIF no Brasil, o SiBBr é responsável pela seleção nacional e, após uma avaliação interna, irá encaminhar para o GBIF até dois projetos de pesquisa selecionados. São elegíveis para o edital mestrandos e doutorandos regularmente matriculados em programas universitários públicos ou privados no Brasil. O anúncio final do prêmio será realizado pelo GBIF em outubro de 2018, na Irlanda, país sede do 25o Congresso de Governança do GBIF.

As propostas de projeto, que devem ser redigidas na língua inglesa, serão avaliadas pelos critérios de: (i) originalidade e inovação; (ii) uso e relevância estratégica de dados acessados pela Rede GBIF; e (iii) mensurabilidade e impacto no avanço da informática para a biodiversidade e/ou a conservação da diversidade biológica. Para concorrem ao prêmio, os projetos de pesquisa devem preencher o seguinte formato:

1. Sumário do Projeto (até 200 palavras);
2. Descrição do Projeto (máximo de 5 páginas, em fonte Arial em tamanho 12), contendo:

i. Relevância da pesquisa, incluindo as questões que serão respondidas pelo estudo;
ii. O papel do banco de dados do GBIF nas resposta para essas perguntas. As propostas de investigação devem demonstrar claramente como dados do GBIF serão incorporados no estudo;
iii. O escopo de pesquisa, plano, metodologias, citações literárias relevantes e calendário.


3.
Orçamento (1 página), discriminada e justificado. NOTA: rubricas orçamentais são restritas a taxas acadêmicas, equipamentos essenciais, suprimentos (por exemplo hardware, software) e viagens; não é permitido incluir apoio salarial;
4. Curriculum Vitae do estudante, incluindo contatos na instituição de origem;
5. Documentos de suporte:

i. Uma carta oficial do orientador do aluno atestando que o requerente é um estudante em boa posição no programa de pós-graduação da universidade;
ii. Pelo menos uma e não mais do que três cartas de apoio de pesquisadores estabelecidos ativos em um campo que engloba e integra informática da biodiversidade (por exemplo, a genética, a composição de espécies e características, biogeografia, ecologia, sistemática, etc.).

Premiações brasileiras – As duas últimas edições do prêmio Jovens Pesquisadores contemplaram estudantes brasileiros em suas categorias. Em 2017, a doutoranda do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA), Itanna Oliveira Fernandes, foi a ganhadora selecionada da categoria doutorado pela publicação de um conjunto de dados de monitoramento ambiental de formigas nas áreas de influência da Usina Hidrelétrica Santo Antônio em Rondônia. Na edição 2016, o mestrando da Universidade Federal da Alagoas (UFAL), Bruno Umbelino da Silva Santos, ganhou com o projeto intitulado “Mapeando a perda do conhecimento da biodiversidade na Amazônia em função do desmatamento histórico e futuro”.

Mais informações: https://www.gbif.org/news/5uADI7GJY4amKs88Q4Ug4I/call-for-nominations-opens-for-2018-gbif-young-researchers-award