Notícias

Publicação propõe diálogo para sociedade conhecer a biodiversidade

Baseada em experiências em áreas dos seis biomas brasileiros, a publicação "Conhecendo a Biodiversidade" também aborda temas como compartilhamento e integração de dados, biodiversidade e saúde e políticas públicas de conservação.

Publicado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), pelo Programa de Pesquisa em Biodiversidade (PPBio) e pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), o estudo Conhecendo a Biodiversidade”, organizado por Ariane Luna Peixoto, José Roberto Pujol Luz e Marcia Aparecida de Brito, tem como objetivo ampliar a disseminação do conhecimento sobre a biodiversidade brasileira.



Composta por artigos de diferentes pesquisadores, a obra é uma proposta de diálogo com a sociedade, surgida a partir de um projeto de cientistas e equipes do PPBio e da Rede Temática de Pesquisa em Modelagem Ambiental da Amazônia (Geoma), discutido com os coordenadores de redes desses programas e técnicos do MCTIC e do CNPq.

Baseado em experiências passadas e atuais em áreas dos seis biomas brasileiros – Amazônia, Caatinga, Cerrado, Mata Atlântica, Pampa e Pantanal, a publicação trata sobre a biodiversidade e as transformações na paisagem sejam naturais ou provocadas pela ação do homem;  e sobre espaços do território brasileiro que ganharam novas configurações através dos séculos de ocupação humana. Além das experiências reais nos biomas, o livro também aborda, em seus últimos capítulos, alguns temas das ciências da biodiversidade, como compartilhamento e integração de dados, biodiversidade e saúde e políticas públicas de conservação.

"Com acesso à informação de qualidade, a natureza, muitas vezes percebida como um obstáculo ao desenvolvimento do país, se revela uma vantagem competitiva em um mundo cada vez mais dependente de serviços ambientais que somente os ecossistemas naturais podem oferecer", afirmam os organizadores do estudo na apresentação da obra. Os 11 capítulos foram escritos de forma colaborativa por integrantes das redes e passaram por revisões por seus pares, especialmente revisões cruzadas, realizadas por membros de diferentes equipes, o que além de proporcionar um espaço adicional de discussão de métodos e técnicas, funcionou como excelente ambiente de integração.

Criado pelo MCTIC em 2004, o PPBio é um programa de pesquisa que articula a competência regional e nacional para que o conhecimento da biosiversidade brasileira seja ampliado e disseminado de forma planejada e coordenada.Como programa vinculado ao MCTIC, o PPBio deve utilizar o Sistema de Informação sobre a Biodiversidade Brasileira (SiBBr) como repositório de dados para armazenar os dados ecológicos que estão sendo gerados e estruturados pelo programa.

“Conhecendo a Biodiversidade” está disponível  para folhear online no SiBBr, além de outros canais de divulgação.

Por SiBBr - Comunicação

FOLHEIE ONLINE:
  • Conhecendo a Biodiversidade